ROTEIRO CRUEL

Balança o tampo amigo roteirista
Que a filmagem vai ser iniciada.
No plano geral tem um velho ativista
Que não segue o roteiro e faz piada.

Demonstrando estar bem informado
Que tudo por ali foi concebido
Por uma ideia do mal-aventurado
Pois, os que seguem este descabido

Roteiro cruel: são quem destruirão
Resquícios bem velhos do bom velho
Vale do Ribeira, ícone ancião,

A mais preservada deste Estado
De São Paulo. – Pra quê barragem, Zelho? –
Grita o velho ativista e sai cortado...

Nenhum comentário:

Postar um comentário